A mala perfeita para viajar

A mala perfeita para viajar

Quando você começa a viajar você não dá bola para o tipo de mala que tem e fica pegando do pai, da mãe do amigo. Normal. Agora, se você quer viajar com uma certa frequência, e principalmente economizar, você vai ter que pensar o seu conjunto de malas como o seu melhor amigo.

Eu sempre gostei do meu conjunto de malas da Cavezzale. Escolhemos um tom de verde que fica fácil de diferenciar na esteira de bagagem, mas que também não é muito chamativo no meio de multidão (sim, eu gosto de ser discreta).

As três malas tem rodinhas e alça retrátil e são bem estruturadas para suportar o peso do que quer que seja que eu coloque lá dentro. O problema é que, na hora de arrumar a mala, eu nunca havia pesado cada um dos tamanhos individualmente para saber que peso elas tinham. No voo que fizemos entre Cidade do México e Cancún pela Volaris era possível levar como bagagem de mão apenas 5 kg e despachar outros 15kg. Daí você pensa… “minhas roupas são leves, vou para o caribe, está quente… 15 kg dá” e na hora de pesar tudo descobre que apenas sua mala vazia pesa 5,3 kg. O mesmo vale para uma bagagem de mão que pode levar 5 kg, mas só a mochilinha pesa 1,2 kg sem nada. Coloque uma câmera D90 com lente, um ipad e só vai dar para levar mais uma blusinha caso no avião esteja frio.

Em resumo: procure malas que sejam leves, mas que sejam estruturadas para que suas roupas não fiquem sendo jogadas de um lado para o outro deixando tudo bagunçado. Malas com divisórias ajudam, mas apenas se elas tiverem flexibilidade para você encaixar o que quer que seja dentro.

Eu fugiria daquelas malas que são duras, quadradas, com cantos arredondados. Elas podem até ter travas modernas e evitar que itens quebrem internamente, mas elas são mais pesadas e são terríveis de encaixar no carro quando tem mais pessoas dividindo um taxi ou um carro alugado, já que não podem ser apertadas nem com jeitinho.

Importantíssimo: escolha uma mala que possa travar o fecho do zíper com outro fecho de zíper de um bolso frontal ou lateral da mala. A ideia é travar o zíper da mala para que ele não possa ser movido facilmente. Em vários aeroportos pessoas são acusadas de usar tampinhas de canetas Bic para abrir os zípers sem ter que quebrar o cadeado da mala. Daí eles colocam a mão dentro da mala e pegam objetos pequenos como perfumes, óculos de sol, câmeras ou celulares e depois passam o zíper fechando o “buraco”. Quem deu essa dica há anos foi uma amiga nossa que trabalha em companhia aérea.

Estou a procura do jogo de malas perfeito e vou levar a minha balança a tira colo na próxima compra. Se você acha que tem a mala perfeita para viajar manda a foto com o modelo e marca, além do peso, lógico!

Florence

Sobre Florence

Adoro viajar. Sério!

2 comentários para «A mala perfeita para viajar»

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>