Como tirar o visto para a China – O Manual Prático

Como tirar o visto para a China – O Manual Prático

É a primeira vez que você está indo para a China? Você está pensando em tirar o seu visto para China sozinho ou por despachante? Fique tranquilo pois nós estamos indo para lá também e vamos fazer um passo a passo bem fácil de seguir:

1. Descubra onde você vai ter que tirar o visto. Quando escrevemos este artigo eram 3 as possibilidades: Consulado da China em São Paulo – SP, Consulado da China no Rio de Janeiro – RJ e Embaixada da China em Brasília – DF. Atenção: Você não pode escolher para onde quer mandar a sua documentação. Cada base de consulado atende a estados específicos – é a jurisdição. Quem está no Paraná, como nós, tem que solicitar o visto em São Paulo. Assim, é melhor conferir qual é a cidade que vai te atender antes de prosseguir com os seus papéis: os valores e coberturas estão neste link.

O interessante deste passo é que: Se o seu consulado for em São Paulo você vai ter que ir lá pessoalmente ou mandar tudo por despachante. Se o seu consulado for no Rio de Janeiro ou em Brasília você pode mandar tudo por correio. Como pode isso?

E mais: o site do consulado da China em São Paulo passa pouca informação e por telefone eles respondem que dúvidas devem ser sanadas no site ou pessoalmente.

2. Qual é o motivo de visita?

Apesar das diferentes classificações dá para agrupar os motivos em 3 partes: turismo, negócios ou visitar familiares.

  • Turismo: a ênfase da análise dos documentos será nos hotéis, passeios e deslocamentos internos na China;
  • Negócios: a avaliação vai exigir uma carta convite de uma empresa ou feira de negócios (e que foi o nosso caso);
  • Visita de familiares: a análise será na relação de parentesco, endereço de hospedagem, passagem de retorno e relações de trabalho;

3. Passaporte válido – você precisa ter um passaporte válido por pelo menos mais 6 meses. Se você não tem um ou o seu está vencido, comece por isso. Não deixe para a última hora pois é muito comum os prazos de espera para agendamento e entrega passarem de 15 dias.

Para tirar ou “renovar” o seu passaporte, acesse www.dpf.gov.br

4. Passagem aérea de ida e volta – Sim, por mais estranho que pareça você vai ter que comprar a sua passagem de ida e volta e levar junto na sua documentação. Eles querem ter certeza de que você não vai ficar por lá.

5. Roteiro de viagem – Eles pedem, mas em nosso caso nem olharam… de qualquer forma, é melhor levar. Eu montei um roteiro de viagem para China com: cidades visitadas, hotéis de hospedagem e atrações turísticas de interesse. Na realidade eles querem ver para conferir as datas de entrada e saída e definir quantas entradas vão autorizar em seu primeiro visto (normalmente uma só).

6. Comprovantes de reservas de hotéis. Para ter uma certa flexibilidade eu uso o Booking.com e escolho hotéis que permitam que eu faça cancelamentos e reagendamentos posteriores. Daí imprimo uma via por pessoa da confirmação de reserva de todos os hotéis e coloco junto com a documentação (isso dá uma pilha de papel).

7. Foto 3×4 você precisa de apenas 1 foto 3×4 e ela tem que ser recente. Ela vai ser colada na ficha de solicitação de visto.

8. Contrato social da empresa – caso você seja sócio / declaração da empresa empregadora – se funcionário / e ou holerith eles querem ver se você tem como pagar a viagem e se tem algum vínculo empregatício no Brasil. Nós levamos os contratos sociais das empresas, declaração das empresas empregadoras para os vistos que estávamos fazendo para amigos e mais holeriths referentes aos últimos 3 meses. A pessoa que recebeu nossa documentação também não olhou nada disso e não ficou com nenhum comprovante de renda. Ainda assim, leve tudo, pois estas exigências dependem do humor do funcionário do consulado e do tamanho da fila de pessoas que ele tem para atender.

9. Ficha de solicitação de visto – Na época que estávamos fazendo a solicitação de visto conseguimos encontrar duas fichas diferentes, mas muito parecidas. Foi sorte termos impresso e preenchido a correta. Caso tivéssemos levado a errada tudo deveria ser preenchido novamente. Se você está lá pessoalmente, OK. Mas se você mandou um despachante…. ele vai ter que voltar lá. O link mais recente que temos é desta ficha.

Sobre o preenchimento da ficha de solicitação de visto: para preencher a ficha corretamente você precisa de todos os itens anteriores em mãos. Solicita-se também o número de RG, endereço da empresa onde trabalha, endereço residencial e outros dados.

10. Carta convite – como o nosso foco de visita é a feira, e o turismo é segundo plano, decidimos fazer o cadastro no site da Feira de Canton – e solicitar uma carta convite para apresentar ao consulado. Este processo também não é finalizado de um dia para o outro. Por isso, faça com antecedência.

1o Envie um e-mail para: info@cantonfair.org.cn explicando (em inglês) que quer visitar a feira e que tem interesse em fazer negócios com fornecedores chineses;
2o Em até 3 dias eles devem responder o seu e-mail com uma tabelinha onde você coloca seus dados, os dados da sua empresa e o número do seu passaporte;
3o Você responde este e-mail com seus dados completos e em mais 2 ou 3 dias eles te respondem novamente com um login e senha para você acessar uma área restrita.
4o Acesse a área restrita e no site pelo link enviado por e-mail (ou neste link aqui) clique em Free IC Entry Badge / Invitation Application e preencha todos os dados restantes. Uma vez que seus dados forem validados você poderá gerar o seu convite no link ao lado direito de onde está escrito o seu nome.

Junte tudo isso em um envelope e pronto!  

DICAS IMPORTANTÍSSIMAS:

  • É a sua primeira solicitação de visto chinês? Planeje sua viagem para a China com, no máximo, 30 dias de duração e apenas uma entrada. Para eles mais do que 15 dias direto no país é algo muito estranho e no consulado eles olham para você com uma cara muito incrédula.
  • Hong Kong e Macau são ao lado de Canton (região de Guangzhou, onde acontecem muitas feiras) mas ”não são China convencionalmente”. Isso significa que ir visitar Hong Kong e Macau implica em sair da China. Se você tiver visto para entrar apenas uma vez, você não vai poder sair e voltar ao país na mesma viagem.
  • Quer conhecer outros países na região e aproveitar o deslocamento inicial de quase 30 horas? Planeje chegar e sair por Hong Kong. O valor é muito parecido com os de passagens para Beijing e você vai poder usar várias companhias aéreas acessíveis para dar um pulinho no Vietnã, Taiwan, Malásia e Tailândia.
  • Não pague antecipadamente seus hotéis antes de ter a confirmação do visto para a China. Se você precisar mudar datas por causa das restrições do visto você vai acabar perdendo dinheiro.
  • Também não compre aéreos ou outros deslocamentos internos antes de ter o seu visto em mãos. O motivo é o mesmo do item acima.
  • Tendo a solicitação aceita, o visto chinês padrão demora 4 dias para ser emitido e as custas eram de R$ 150,00 para duas entradas no início de 2014 em São Paulo. Eles não enviam nada por correio e é necessário retirar o visto lá – pessoalmente, por despachante ou representante.
  • consulado chinês em São Paulo e o do Rio de Janeiro abrem ao público apenas entre 9:00 e 12:00 de segunda a sexta-feira, tanto para solicitação de vistos quanto para as retiradas.

Agora que você conheceu os passos base para solicitar o visto, leia mais sobre a nossa experiência solicitando o visto no consulado pessoalmente, e saiba como se comportar para conseguir o que você quer!

Florence

Sobre Florence

Adoro viajar. Sério!

6 comentários para «Como tirar o visto para a China – O Manual Prático»

  1. Francine disse:

    É importante ressaltar que se você pretende ir para a Feira de Canton, seu pedido de visto deve ser para Negócios. Nós tentamos como turismo pois vamos passear pela China. É a forma errada. Porém, no nosso caso deu certo, mas é melhor seguir as orientações do consulado.
    Outro ponto, o Consulado da China respeita os feriados chineses. Então é válido ligar e garantir que estarão abertos na data que você pretende visitar.

  2. VISTO CHINÊS

    • Formulário principal preenchido e assinado.

    • 1 foto 3 x 4 recente, colorida com fundo branco.

    • Passaporte com validade superior à 6 meses.

    • Reserva de Passagem, ida e volta.

    • Vouchers dos hotéis (cópia simples da reserva).

    • Comprovante de vínculo empregatício.

    Se for empregado, carta da empresa brasileira contendo o carimbo do CNPJ, tempo de serviço e o cargo que exerce.

    Se for proprietário, cópia simples do contrato social.

    Se for estudante, cópia simples da matrícula do ano letivo. (apresentar declaração de renda dos responsáveis)

    Se for autônomo, desempregado, aposentado, dona de casa, declaração feita a próprio punho, autenticada em cartório, informando a sua ocupação. Apresentar tambem os três últimos extratos bancário.

    Endereço para envio da documentação.

    A/C José Oliveira – SP Vistos.
    Av. Leôncio de Magalhães, 1100 Sala 18
    Jd. São Paulo – São Paulo / SP
    CEP. 02042-010

    SP Vistos.
    CNPJ. 18.126.882-0001/00
    http://www.spvistos.com.br

    José Oliveira
    11-970387010 – Tim – WhatsApp
    11-963226740 – Claro
    11-974303087 – Vivo

  3. Oi Thais, tudo bem? Adorei as dicas, muito bom mesmo. A minha tia esta indo para a China em Marco, a duvida dela e se pode tirar o visto sozinha ou se precisa da ajuda de um despachante. Obrigada!!

  4. Florence disse:

    Olá!

    Na época em que fizemos o nosso, fomos até São Paulo e fizemos tudo
    sozinhos. Sem despachante.
    Se sua tia não estiver em alguma cidade que tenha acesso ao consulado e
    não estiver disposta a viajar, daí, melhor fazer via despachante.

    Abs

  5. Bia disse:

    ola td bem ? estou querendo ir para a China para morra, pois tenho uma amiga lá, porém não tenho nada fixo ainda de trabalho lá, o que devo fazer ? será que consigo o visto de 1 ano mesmo sem ter carta convite ?
    o que vcs sugerem que eu faça ?
    obrigada

    1. Florence disse:

      Olá Bia,
      Se você tem um conhecido na China tente alguma ajuda com ele, sem dúvidas.
      Conseguir o visto da China para uma entrada no país já foi bastante complicado. Tivemos que mostrar a passagem de ida e de volta compradas e mostrar o convite da feira que iríamos participar no cantão. Você não tem interesse em fazer algum curso na China? Quem sabe seria mais fácil ir através de uma escola / intercâmbio para tentar permanecer tanto tempo.
      No consulado da China aqui no Brasil é complicado até se comunicar…
      Sua amiga que está lá é brasileira?
      Abs
      Florence

Deixe uma resposta para Alojamiento web Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>